A Razão e o Razoável – Héctor Leguizamón

A partir da razão se pode pensar em dois tipos de propriedade: o razoável e o racional. Um pensamento razoável se preocupa em saber se os princípios que guiam as ações na vida são aceitáveis ou se os atos de alguém são compatíveis com esses princípios. Um homem razoável não é somente uma pessoa capaz de concatenar corretamente ideias lógicas. É, antes de tudo, um homem que terá critério e que saberá escolher adequadamente os princípios que vão motivar suas ações, graças a seu senso moral e a sua experiência de vida.

.

.

.

.

Explicável ou Aceitável

A conduta de um criminoso não é razoável mesmo que possa ser racional. Pode ser explicada por motivos psicológicos ou sociais. Portanto, pode haver uma lógica em seu comportamento, sem que por isso compartilhemos suas motivações nem consideremos sua atitude correta.

Héctor Leguizamón – Atlas Básico de Filosofia

Advertisements
This entry was posted in Body. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s