Signe – J. DERRIDA

Signo é aquilo que , não tendo em si verdade, condiciona o movimento e o conceito da verdade. 

pupets

O conceito clássico de signo estabelece-se em uma estrutura de remissão e de substituição.

O signo representa o presente em sua ausência, o substitui.

juien opie

Juien Opie

Quando não se pode tomar ou mostrar a coisa, passamos pelo desvio do signo.

skull

A circulação dos signos difere o momento em que poderíamos encontrar a própria coisa.

 

uncov

via: Glossário de Derrida - Supervisão de Silviano Santiago

This entry was posted in Mind. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s